Mesmo com crise de livrarias, faturamento do setor de livros fica no azul


Folha de S.Paulo
Cristina Frias

A recuperação judicial das grandes livrarias não impediu que o mercado editorial fechasse 2018 com leve alta. Os números ainda não podem ser divulgados, mas houve um pequeno aumento, segundo Ismael Borges, líder do setor da Nielsen que mede as vendas. “Houve crescimento, mas foi tímido em termos de faturamento, depois do desconto da inflação.”
Leia mais